quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

O SERMÃO DA MONTANHA (VERSÃO MODERNA)

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Quem é professor sabe muito bem o que o texto abaixo significa, onde Jesus é retratado tentando ser um professor, mostrando que até para o Senhor seria muito difícil aguentar a situação em que vivemos.
Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.
Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens.
Tomando a palavra, disse-lhes:
- Em verdade, em verdade vos digo: Felizes os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Felizes os misericordiosos, porque eles...
Pedro o interrompeu:
- Mestre, vamos ter que saber isso de cor?
André perguntou:
- É para copiar?
Filipe lamentou-se:
- Esqueci meu papiro!
Bartolomeu quis saber:
- Vai cair na prova?
João levantou a mão:
- Posso ir ao banheiro?
Judas Iscariotes resmungou:
- O que é que a gente vai ganhar com isso?
Judas Tadeu defendeu-se:
- Foi o outro Judas que perguntou!
Tomé questionou:
- Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?
Tiago Maior indagou:
- Vai valer nota?
Tiago Menor reclamou:
- Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.
Simão Zelote gritou, nervoso:
- Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto?
Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!
Um dos fariseus, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada a ninguém, tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo:
- Isso que o senhor está fazendo é uma aula? Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica? Quais são os objetivos gerais e específicos? Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?
Caifás emendou:
- Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas? E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais? Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?
Pilatos, sentado lá no fundão, disse a Jesus:
- Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade. Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto. E vê lá se não vai reprovar alguém!
E foi nesse momento que Jesus, olhando para o céu, disse:
- Senhor, por que me abandonastes?

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

AJUDANDO O VELHO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Vitorina morava no Angu, em Nazaré da Mata. Já descambava no sem jeito, quando apareceu um casamento imprevisto: um velho. Foi conselho daqui, conselho d’acolá, e com o estômago na frente do amor, ela topou, porque o velho tinha umas casas...
Casaram-se, e como o velho não era tão velho assim, tiveram três filhos. Depois, o velhinho ficou doente e não deu mais nada. Vitorina, que provara do fruto proibido, ficou assanhada. O velhinho cada vez mais fraco e Vitorina cada vez mais fogosa.
Um negociante de madeira, freguês do velho, a quem vendia material para conserto de suas casas, entrou na jogada. Foi visto com Vitorina em lugares distantes e inexplicados. O falatório começou.
Morto o velho, Vitorina herdou suas casas, e o “homem dos paus” entrou no espólio, casando-se com Vitorina. Vieram mais três filhos e Vitorina continuava fogosa como nunca. Acostumara-se com fugas, negaças, tapeações e o gosto do amor parecia mais picante com esses pequenos riscos. O segundo marido não aguentou o “peso da cabeça” e pediu o desquite. Na partilha dos meninos houve um impasse. O terceiro filho do primeiro casamento era reclamado pelo marido do segundo casamento, mas a mulher sustentava que era filho do velho...
Na audiência, o juiz perguntou ao querelante:
- Que provas tem o senhor para afirmar que o filho é seu, se na época da concepção sua mulher era casada com outro homem?
– É que nesse tempo, doutor, o velhinho já estava cansado e eu vinha “ajudando” ele!
Foi quando ponderou o magistrado:
- Muito bem! Com os precedentes de sua mulher, o senhor agora me deixa em dificuldades para entregar-lhe seus próprios filhos, porque não sei se alguém andou “ajudando” o senhor também!

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

SINTOMAS DE VIADAGEM

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

 CHEGAR AOS 30 ANOS SEM BARRIGA
Aos 30 anos, se você se preocupa com o físico, você é viado! Como diz o ditado: “Quem gosta de homem bonito é viado, mulher gosta é de dinheiro”. Você tem mais é que parar de se preocupar com a barriga e tratar do seu bolso, porque aquela menina gostosona de 19 anos dá mais importância ao carro importado e ao cartão de crédito que você tem do que aos seus músculos do abdômen.

• PEDIR CAIPIRINHA COM ADOÇANTE
Você pede caipirinha com adoçante? Está de regime? Fala sério! Ou você bebe ou não bebe! Caipirinha é o seguinte: limão, açúcar, gelo e pinga (ou vodka). Se é para pedir diferente não chame de caipirinha, diga para o garçom o seguinte: "Hoje vou pedir uma bebida de viado, dá para mim um copo com limão, vodka (ou pinga), gelo e adoçante".

• CHUPAR SORVETE
O verbo “chupar” não deve fazer parte do vocabulário de um homem, Um verdadeiro homem, quando come sorvete, o faz com dentadas e não com chupadas. As duas únicas coisas que um homem tem permissão de chupar são: peitos e xoxotas. O resto é viadagem!

• TER UM GATO COMO BICHO DE ESTIMAÇÃO
O gato por si só não passa de um cão viado; aquele lance de ficar se lambendo o dia todo e de não tomar banho é nojento. Fora o fato de o gato ter aquelas frescuras: gato faz pipi e popô, depois esconde embaixo da terrinha (entenda isso como se você sempre se metesse a abaixar a tampa da privada depois de usar o vaso). Bicho de homem é o cachorro: cachorro está pouco se fodendo para tudo, mija e caga em qualquer lugar, bebe água da privada e até coça o saco. Ter gato em casa é coisa de boiola!

• SABER O NOME DE MAIS DE 4 COISAS NA PADARIA
Homem entra na padaria e fala logo o que quer, no máximo, 4 itens, normalmente são: pão, café, leite e manteiga. Chegar na padaria pedindo um pote de queijo Philadelfia, 250 gramas de lombo canadense “bem fininho, viu?”, ou um salame, é sintoma grave de viadagem.

• SAIR PARA DANÇAR...
Que porra é essa? Homem sai para beber, para zoar, para pegar mulher. Homem que sai para dançar não é homem! No máximo, você pode dar uns passos na pista de dança, com a intenção, é claro, de se aproximar da mulher que te chamou a atenção. Homem que sai para dançar é viado enrustido.

• BEBIDAS COM NOMES EXÓTICOS
"Sex on the beach", "Dry Martini", "Blood Mary"... É tudo coisa de mulher ou de viado! Homem não tem frescura, bebe aquilo que todo mundo conhece: vodka, pinga, wisky e cerveja, muita cerveja! Detalhes em copo de homem são: limão, gelo ou palito, dependendo da bebida. Canudinho e guarda-chuvinha nem pensar. Coisa de viado!

• REPARAR COMO OS OUTROS ESTÃO VESTIDOS
Se você é daqueles que repara que seu amigo está vestindo a mesma camisa de ontem, então você é viado! Qual a diferença entre seu amigo sair para tomar uma cerveja com uma camisa dessas, que não sai por menos de 100 pratas (coisa de viado) e sair com uma camiseta que ele ganhou de brinde do cartão de crédito? Nenhuma! Se o cara tá ridículo, o problema é dele, ou melhor, sobra mais mulher para você! Se você dá uma de Clodovil e repara se a roupa de seus amigos combinam, você é viado!

• COMER BOLO EM FESTA DE ANIVERSÁRIO
Só viado faz isso. Homem que é homem enche o prato de salgadinhos, bebe pra caralho e vomita. Quem come bolo é mulher, criança e bicha.

• PEDIR "MEIA PORÇÃO" OU "MEIA DOSE"
O nome é "porção" ou "dose" porque já é calculado, ou seja, um homem come "uma porção" de gororoba, ou "uma dose" de birita. Então, quem come meia porção é meio-homem. Pior ainda são aqueles que pedem pratos terminados com “inho”, por exemplo: "Garçom, traz um arrozinho por favor?" Isso é muita viadagem!

• CONSOLAR EX-NAMORADAS DE AMIGOS
A única maneira do verdadeiro homem fazer isso é pensando em como levar ela para cama ou então fazendo com que ela fale algo que possa ser usado para zoar o seu amigo em questão. Do contrário, vá chorar no ombro da mamãe, viadão!

• TRABALHO DA FACULDADE
Estar mais de meia hora na Internet sem ver fotos de mulher pelada é coisa de viado. Não colam as desculpas de estar digitando trabalho da faculdade ou fazendo uma pesquisa científica.

• MEDO DE COMPARTILHAR
Se não retransmitir esta piada, com medo que seus amigos descubram alguns dos sintomas em você, só prova que você é viado mesmo! Só viado pega uma mensagem igual a esta e apaga sem repassar aos amigos.

BÔNUS
Ficar puto depois de ler um Post, onde todos os sintomas combinam com você e faz de você um viadão de primeira! Mas não esquenta não, cada um cuida do que é seu...

domingo, 18 de fevereiro de 2018

SURUBA TEM REGRA: NINGUÉM É DE NINGUÉM

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES
O caso a seguir aconteceu em Bela Vista de Goiás, é antigo, mas surpreendente e vale a pena ler de novo...
Tudo começou quando Luziano Costa da Silva e o seu amigo José Roberto de Oliveira começaram a tomar umas cachaças. Lá pelas tantas, como estava cheio de cana e "cu de bêbado não tem dono", Luziano foi enrabado pelo seu "amigo". Não satisfeito, José Roberto, levou a sua própria mulher, Ednair Alves de Assis, e o Luziano até uma construção no Parque Las Vegas e, depois de fumarem maconha, ele obrigou os dois a ficarem nus e a transarem, dizendo que queria fazer uma suruba. Depois de ver Luziano "traçar" a sua mulher, José Roberto, mais uma vez, enrabou o Luziano.
Ofendido na sua honra, Luziano entrou na Justiça, acusando o "amigo" de ter praticado contra ele “ato libidinoso diverso da conjunção carnal”, alegando que estava bêbado e não pôde se defender.
Nas idas e vindas do processo, ele acabou no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, que publicou o acórdão sobre o caso, de forma insólita e inédita, quando decidiu que não há crime, já que a suposta vítima teria concordado em fazer sexo grupal; e o homem que, por vontade própria, participar de uma sessão de sexo grupal e, em decorrência disso, for alvo de sexo passivo, não pode declarar-se vítima de crime de atentado violento ao pudor.
Leia a reportagem abaixo: