sexta-feira, 29 de novembro de 2013

CURTO, GROSSO E VERDADEIRO!

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES


A PALAVRA DA MODA

Texto de Rubens Mário
PROFESSOR E ADMINISTRADOR DE EMPRESAS

Em todos os locais aonde vamos, nos sites de notícias, nas redes de televisão, ou nas emissoras de rádio, a palavra mais pronunciada é "assalto". Quantas saudades dos tempos em que assalto significava apenas uma ingênua festinha nas casas de amigos! Mas, como estamos no novo mundo movido pela ganância, a palavra assalto transformou-se numa coisa terrível que, infelizmente, todos, especialmente, as pessoas mais vulneráveis, já ouviram ou presenciaram alguém ouvi-la de pessoas marginalizadas – isso é abominável!
Peço agora, licença aos meus diletos políticos partidários, e, aos mestres e doutores em economia, para, com todo respeito, contar algumas histórias presenciais e tecer os meus comentários, segundo a resposta do mundo atual.
Essa semana ao abastecer o meu veículo num posto de combustíveis, encontrei uma criança, por ironia do destino, estudante de um colégio militar situado no bairro do Trapiche da Barra, acompanhada da mãe, que, desesperada, parara no referido estabelecimento para pedir água para a menina, que estava trêmula, pois acabara de sofrer um segundo assalto em apenas uma semana, segundo ela, através dos mesmos delinquentes – a infeliz criança, segundo a mãe, iria fazer uma prova dali à instantes, imaginem em que condições psicológicas! Para termos uma ideia do nosso caos social, num mesmo dia, aqui em Maceió, acontece uma média de cinco assaltos a ônibus.
No domingo, fui acordado por um barulho em baixo da minha janela, provocado por populares que agrediam um jovem aparentando ser menor de 18 anos, que foi salvo do trucidamento fatal, graças à presença da polícia militar. Soube depois, quando tive coragem de me aproximar do pobre delinquente, tratar-se de uma pessoa, supostamente, beneficiada pelos alugueis sociais patrocinados pelo governo municipal (R$150,00), em casebres próximos ao local do crime - um assalto à uma senhora.
Esses aluguéis sociais, à exemplo das bolsas, à primeira vista, podem ser enxergados como um benefício social, já que, essas infelizes criaturas não têm um teto para se abrigarem, ou um simples  prato de comida. O grande enigma, e, aí, vem a questão social, ou, o outro lado do problema, é que, por serem pessoas nascidas ao acaso, sem acesso à educação genuína e, assim,  excluídas da sociedade, sobrevivem nas ruas, sem nenhum programa sério e apolítico de inclusão social, usando as drogas mais baratas e, cometendo roubos para alimentar o vício. Um fato que, também, me chamou à atenção no último caso contado nesse texto, é que o jovem marginal, ficou cerca de duas horas guardado pela polícia a espera do SAMU, e, apesar do evento ter sido bem próximo ao seu casebre, nenhum parente, sequer, ousou se aproximar dele. É nesse ponto, onde eu enfatizo e acirro as minhas críticas aos ditos programas sociais do governo. Tenho plenas convicções, sobretudo, humanas, que não adianta juntar um bando de seres humanos desprovidos de qualquer informação e jogá-los em barracos sem nenhuma infraestrutura, dar-lhes parcos dinheiros, e deixá-los á mercê de todos os tipos de promiscuidades, à exemplo da prática do sexo banal gerando a reprodução, desmedida e inconsequente, na estranha capital.
Definitivamente, a desordem está estabelecida na cidade. A quantidade de jovens, muitos ainda na mais tenra idade, sem uma ocupação digna, nas regiões da periferia social, é impressionante! A absoluta maioria, fora da escola, muitos, sequer, aprenderam a ler ou escrever, mesmo sendo obrigados a frequentar uma escola miserável para justificar o recebimento das esmolas governamentais. Mas, o que esperar de um país aonde um criminoso, à exemplo do sr. José Genoíno, recentemente condenado pelo Supremo Tribunal Federal, receber cerca de  R$123.000,00 e um professor, com curso superior, ultrajantes, R$800,00? Na verdade, com essa forma míope e maliciosa de enxergar a pobreza, jamais teremos justiça e igualdade social; a transferência de renda permanecerá ativa e "assalto" continuará sendo a palavra da moda. 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

MENINOS, EU TAMBÉM VI!

Texto de Aloisio Guimarães

Domingo passado fui testemunha de três recordes esportivos que levarão muitos anos para serem quebrados ou igualados:
À tarde, assisti, em Interlagos, o GP Brasil de Fórmula 1 e vi o alemão Sebastian Vettel se tornar em um dos pilotos com o maior número de vitórias consecutivas (9 vitórias) e também ser um dos pilotos com maior número de vitórias numa mesma temporada (13 vitórias).
Somente quem estava no autódromo era capaz de ver, com uma clareza espantosa, a larga vantagem de Vettel (e seu carro) sobre os demais competidores. Logos nas primeiras voltas, todos estávamos admirados com o "banho" que ele já dava nos outros carros! Tínhamos a certeza de que somente um acidente poderia fazer com que ele perdesse a prova e, como não aconteceu, ele venceu e se tornou recordista.

À noite, mesmo não sendo um são-paulino, fui ao Morumbi testemunhar o grande (e injustiçado) goleiro Rogério Ceni se tornar o recordista mundial como o jogador que mais vezes vestiu a camisa de um mesmo clube de futebol: 1.117 jogos pelo São Paulo Futebol Clube! E olhe que ele ainda não se aposentou!
O jogo foi contra o Botafogo-RJ e terminou 1x1. Por ironia do destino, infelizmente, o gol do Botafogo surgiu depois de uma falha sua (dele), ao sair mal do gol, tentando cortar um cruzamento.
Parabéns, Vettel!
Parabéns, Rogério!

ALGUMAS VANTAGENS EM SER POBRE

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Você é livre de vícios, como drogas, cigarros e álcool, por não poder pagar por eles.
As pessoas podem te achar culto, por sua rara coleção de discos de vinil.
Seu cachorro não fica te enchendo o saco e passa a maior parte do dia na casa do vizinho, para comer.
Você não tem problemas sexuais, pois raramente leva alguém para o motel (problema é matinho).
Você se identifica com o fato do Presidente não ter diploma de curso superior.
Você já nem se preocupa mais com a possibilidade da lei de MURPHY acontecer, você sabe que ela vai.
Você não paga imposto de renda, nem conta de luz, gás, etc… Como é bom morar com a avó!
O mendigo lhe dá esmola ao te ver na rua.
Você não é incomodado pelos operadores de telemarketing, já que faz tempo que não paga a conta do telefone.
Você não gasta dinheiro com gasolina e preserva o meio ambiente, pois não tem automóvel.
Você pode andar em qualquer favela naturalmente sem ser incomodado, mesmo sem nunca ter visitado o local.
Seu sogro te adora, por você só namorar a filha dele em casa. Só reza para ele não notar que você só a visita na hora do almoço e do jantar.
Se a sua sogra contrair alguma doença, você não terá dinheiro para bancar o tratamento.
Por estar sempre de “dieta” e por isso você não engorda.
Você poderia se tornar monge com facilidade, visto que pode carregar todos os seus objetos com você.
Você pode sair de casa e deixar a porta aberta, sem medo de furto, você não têm nada mesmo.
Você pode receber o caminhão de prêmios do Faustão, o programa do Gugu ou o Caldeirão do Huck em casa.
Você acerta na quina, só não fica milionário.
Você não gasta dinheiro com mulher. Você não têm dinheiro e já é um milagre ter mulher!
Você pratica exercícios físicos correndo atrás do ônibus.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

SÓ NO BRASIL...

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

César de Medeiros, de 42 anos, morador de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, entendendo que a sua fatura da "Claro TV" era muito alta, ligou para a operadora, pedindo um desconto.
Pois bem, na conta do mês de novembro, ele foi brindado com uma surpresa desagradável: o nome de "Otário Chorão".

Ele ligou para a Claro e reclamou da "brincadeira", que, por sua vez, declarou que esse tipo de comportamento "não está de acordo com os princípios e valores da companhia".
Segundo notícias, ele não pretende processar a Claro.
Agora pergunto:
- Se tudo que ele afirma é verdade, inclusive a foto da fatura, e depois diz que não vai processar a Claro, então ele é o quê?

domingo, 17 de novembro de 2013

PERGUNTAS ÓBVIAS

Texto de Aloisio Guimarães

Depois que um dos maiores brasileiros de todos os tempos, o ministro Joaquim Barbosa, decretou a prisão dos petistas responsáveis pelo maior escândalo de corrupção já vista na história do Brasil, o ex-presidente Lula telefonou para seus "cumpanhêro", dizendo: "Estamos juntos".
Se ele está certo, como sempre julga, pergunto:
- Isso é uma confissão de culpa? Se é verdade o que ele diz, quando e aonde é que ele vai se apresentar para também ser preso?
 

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

SINTOMAS DE VIADAGEM

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

CHEGAR AOS 30 ANOS SEM BARRIGA
Aos 30 anos, se você se preocupa com o físico, você é viado! Como diz o ditado: “Quem gosta de homem bonito é viado, mulher gosta é de dinheiro”. Você tem mais é que parar de se preocupar com a barriga e tratar do seu bolso, porque aquela menina gostosona de 19 anos dá mais importância ao carro importado e ao cartão de crédito que você tem, do que aos seus músculos do abdômen.
• PEDIR CAIPIRINHA COM ADOÇANTE
Você pede caipirinha com adoçante? Tá de regime? Fala sério! Ou você bebe ou não bebe! Caipirinha é o seguinte: Limão, AÇÚCAR, gelo e pinga (ou vodka). Se é para pedir diferente não chame de caipirinha, diga para o garçom o seguinte: "Hoje vou pedir uma bebida de viado, dá para mim um copo com limão, vodka (ou pinga), gelo e adoçante".
• CHUPAR SORVETE
O verbo “chupar” não deve fazer parte do vocabulário de um homem, Um verdadeiro homem, quando COME sorvete, o faz com dentadas e não com chupadas. As duas únicas coisas que um homem tem permissão de chupar são: peitos e xoxotas. O resto é viadagem!
• TER UM GATO COMO BICHO DE ESTIMAÇÃO
O gato por si só não passa de um cão viado; aquele lance de ficar se lambendo o dia todo e de não tomar banho é nojento. Fora o fato de o gato ter aquelas frescuras: gato faz pipi e popô, depois esconde embaixo da terrinha (entenda isso como se você sempre se metesse a abaixar a tampa da privada depois de usar o vaso). Bicho de homem é o cachorro: cachorro tá pouco se fodendo para tudo, mija e caga em qualquer lugar, bebe água da privada e até coça o saco. Ter gato em casa é coisa de boiola!
• SABER O NOME DE MAIS DE 4 COISAS NA PADARIA
Homem entra na padaria e fala logo o que quer, no máximo 4 itens, normalmente são: pão, café, leite e manteiga. Chegar na padaria pedindo um pote de queijo Philadelfia, 250 gramas de lombo canadense “bem fininho, viu?!”, ou um salame, é sintoma grave de viadagem.
• SAIR PARA DANÇAR...
Que porra é essa? Homem sai para beber, para zoar, para pegar mulher. Homem que sai para dançar não é homem! No máximo, você pode dar uns passos na pista de dança, com a intenção, é claro, de se aproximar da mulher que te chamou a atenção. Homem que sai para dançar é viado enrustido.
• BEBIDAS COM NOMES EXÓTICOS
"Sex on the beach", "Dry Martini", "Blood Mary"... É tudo coisa de mulher ou de viado! Homem não tem frescura, bebe aquilo que todo mundo conhece: vodka, pinga, wisky e cerveja, muita cerveja! Detalhes em copo de homem são: limão, gelo ou palito, dependendo da bebida. Canudinho e guarda-chuvinha nem pensar. Coisa de viado!
• REPARAR COMO OS OUTROS ESTÃO VESTIDOS
Se você é daqueles que repara que seu amigo está vestindo a mesma camisa de ontem, então você é viado! Qual a diferença entre seu amigo sair para tomar uma cerveja com uma camisa dessas, que não sai por menos de 100 pratas (coisa de viado) e sair com uma camiseta que ele ganhou de brinde do cartão de crédito? Nenhuma! Se o cara tá ridículo, o problema é dele, ou melhor, sobra mais mulher para você! Se você dá uma de Clodovil e repara se a roupa de seus amigos combinam, você é viado!
• COMER BOLO EM FESTA DE ANIVERSÁRIO
Só viado faz isso. Homem que é homem enche o prato de salgadinhos, bebe pra caralho e vomita. Quem come bolo é mulher, criança e bicha.
• PEDIR "MEIA PORÇÃO" OU "MEIA DOSE"
O nome é "porção" ou "dose" porque já é calculado, ou seja, um homem come "uma porção" de gororoba, ou "uma dose" de birita. Então, quem come meia porção é meio-homem. Pior ainda são aqueles que pedem pratos terminados com “inho”, por exemplo: "Garçom, traz um arrozinho por favor?" Isso é muita viadagem!
• CONSOLAR EX-NAMORADAS DE AMIGOS
A única maneira do verdadeiro homem fazer isso é pensando em como levar ela para cama ou então fazendo com que ela fale algo que possa ser usado para zoar o seu amigo em questão. Do contrário, vá chorar no ombro da mamãe, viadão!
• TRABALHO DA FACULDADE
Estar mais de meia hora na Internet sem ver fotos de mulher pelada é coisa de viado. Não colam as desculpas de estar digitando trabalho da faculdade ou fazendo uma pesquisa científica.
• MEDO DE COMPARTILHAR
Se não retransmitir esta piada, com medo que seus amigos descubram alguns dos sintomas em você, só prova que você é viado mesmo! Só viado pega uma mensagem igual a esta e apaga sem repassar aos amigos.

BÔNUS
Ficar puto depois de ler um Post, onde todos os sintomas combinam com você e faz de você um VIADÃO de primeira! Mas não esquenta não, cada um cuida do que é seu...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

OS MANDAMENTOS DA TERCEIRA IDADE

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Adaptação de “Compreendendo Melhor Como Viver a Terceira Idade, na Opinião da Terceira Idade”, do Dr. Conceil Corrêa da Silva.
ARTIGO PRIMEIRO
NÃO SE APOSENTE DA VIDA PARA SE TORNAR UMA PRAGA DA FAMÍLIA
A vida é atividade, e o verdadeiro elixir da eterna juventude é o dinamismo. Não despreze as ocupações enquanto tiver energia para as lutas cotidianas. SE não tiver nada pra fazer vá caminhar, passear no shopping, jogar baralho na praça..qualquer coisa, menos aporrinhar os outros!
ARTIGO SEGUNDO
SEJA INDEPENDENTE E PRESERVE A SUA LIBERDADE, MESMO QUE SEJA DENTRO DE UM QUARTINHO
Quem renuncia ao próprio lar, obriga-se a andar na ponta dos pés, para evitar atritos com noras, genros, netos e outros parentes. Se possível more num flat. Melhor usar suas economias para ter um resto de vida feliz. Não economize no item "Moradia"; a próxima vai ser a última e definitiva...
ARTIGO TERCEIRO
MANTENHA O GOVERNO DA SUA PRÓPRIA BOLSA
Ajude os seus filhos financeiramente, na medida das suas posses;  reserve uma parte para emergências.  Tenha o melhor plano de saúde que puder pagar.  Se você depender do governo, tá no sal!
• ARTIGO QUARTO
CULTIVE A ARTE DA AMIZADE COMO SE FOSSE UMA PLANTA RARA, CERCANDO OS FAMILIARES E AMIGOS DE CUIDADOS COMO SE FOSSEM FLORES
Se a sua memória estiver falhando, anote numa agenda sentimental as datas mais importantes das suas vidas, e compartilhe com eles a alegria de estar presente.
Como você é um velho do século XXI, aprenda a mexer com a Internet: programe todos os aniversários em seu email, ele informará a você com antecedência e você nunca mais esquecerá nada!
• ARTIGO QUINTO
CUIDE DA SUA APARÊNCIA E SEJA O MAIS ATRAENTE POSSÍVEL
Não seja um daqueles velhos relaxados, que exibem caspa na gola do paletó e manchas de gordura na roupa, que revelam o cardápio da semana. Nunca despreze o uso de água e sabão. Vá ao salão de beleza uma vez por mês, pelo menos: a moça vai fazer sua unha, seu pé, cabelo e barba... Não tem preço ficar ela agradando-lhe por uma gorjeta! Vista-se como um Lord. Nada daquelas bermudas xexelentas, moletons rosa e sapatinho de velho!
• ARTIGO SEXTO
SEJA CORDIAL COM SEUS VIZINHOS
Evite implicar-se com o latido do cachorro, o miado do gato, o lixo fedorento na calçada, ou o volume do rádio. Um bom vizinho é sempre um tesouro, especialmente se os parentes morarem distantes. Seja esperto: use um mp3 e ouça músicas com fones de ouvido, para se livrar dos barulhos que lhe chateiam. Um Frank Sinatra, Nat King Cole... Acalmarão você e o farão lembrar os bons tempos, sem saudosismo. Se  estiver depressivo, ataque de Elvis, Beatles, Creedence, Roling Stones... Todos do nosso tempo!
• ARTIGO SÉTIMO
CUIDADO COM O NARIZ E NÃO SE INTROMETA NA VIDA DOS FILHOS ADULTOS
Eles são seres com cérebro, coração, vontade, e contam com muitos anos para cometerem os seus próprios erros. Feche a matraca!
• ARTIGO OITAVO
FUJA DO VÍCIO MAIS COMUM DA VELHICE, QUE É A PRESUNÇÃO
A longa vida pode não lhe ter trazido sabedoria. Há muitos que chegam ao fim da jornada, tão ignorantes como no início dela. Faça de conta que você nunca viveu nada. Experiência não se passa. Fique só observando os erros e não se meta, a menos que alguém peça a sua opinião. Resista á vontade de dá-la Tudo o que é de graça, não tem valor. Deixe que a "humildade" seja a sua marca mais forte.
• ARTIGO NONO
OS CABELOS BRANCOS NÃO LHE DÃO O PRIVILÉGIO DE SER RANZINZA E INCONVENIENTE
Lembre-se de que toda paciência tem limite, e que não há nada mais desagradável do que alguém desejar a sua morte. Aprenda jogar xadrez, a usar a internet... Ou ocupe a sua mente com outras coisas. Não encha o saco dos outros!
• ARTIGO DÉCIMO
NÃO SEJA REPETITIVO, CONTANDO A MESMA HISTÓRIA TRÊS, QUATRO, CINCO VEZES 
Quem olha só para o passado, tropeça no presente e não vê a passagem para o futuro. Fique de boca fechada e você será um sábio. Lembre-se que você tem dois ouvidos e uma boca só: isso não é por acaso!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

FILOSOFIA DE BANHEIRO

Texto de Aloisio Guimarães

As portas e as paredes dos banheiros públicos (rodoviária, universidades, escolas...), masculinos e femininos, são cheias de frases inteligentes, algumas imorais.  Abaixo, uma coletânea delas, garimpadas na internet.
Teremos o maior o prazer de atualizar o nosso arquivo.
• Ai, cagão, duvido que você consiga piscar o cu sem mexer o saco!
• A diferença entre cagar e dar o cu é meramente vetorial.
• A grande felicidade consiste em chegar a tempo a esse local.
• Amar sem ser amado é pior do que limpar o cu sem ter cagado.
• Aqui estou eu, aqui me estrepei, sentei para cagar, e só peidei.
• Aqui neste cantinho, onde a solidão é profunda, A bosta bate na água, e a água bate na bunda.
• Aqui termina a obra de um grande cozinheiro.
• Bosta não é tinta, dedo não é pincel, para limpar o cu, favor usar papel.
• Cagar é a lei do mundo, cagar é a lei do universo. E foi assim, cagando,
que eu escrevi esse verso!
• Cagar é uma arte estilo barroco.
• Cagar sentado é fácil. Quero ver é cagar de bruços!
• Caro amigo, existe uma micro câmera sob você para que possamos registrar quantas piscadas você consegue dar sem que nada saia.
• Comer mulher feia e cagar, todo mundo faz, mas ninguém gosta de comentar.
• Enquanto você está cagando, tem um japonês estudando.
• Escrito em letras minusculas: "Volta pra privada q ta caindo tudo no chão".
• Este é o melhor momento para entender a teoria da relatividade. pense quanto tempo é um minuto para você agora e quanto é para o cara que está esperando você sair.”
• Eu sei que isso não foi um espirro, Mas mesmo assim, saúde!
• Fazer cagada é fácil, limpar é que são elas.
• Fazer xixi no chão é fácil; cague no teto e vire herói!
• Homem que fala fino, pode crer que caga grosso.
• Lá fora você é valentão, aqui dentro não passa de um cagão.
• Não adianta balançar; a última gota é sempre da cueca!
• Não adianta cagar cantando, porque a merda não sai dançando!
• Não faça na vida o que você faz aqui dentro.
• Não mije na tampa da privada, o pessoal não tem bunda absorvente.
• Não perca tempo lendo frases de banheiro, pois no fim tudo sempre acaba em bosta.
• Neste lugar sagrado, toda vaidade se acaba: o mais covarde se esforça, e o mais valente se caga.
• Olha só a cagada que você está fazendo!
• O futuro do Brasil está em suas mãos! (encontrada em cima do mictório)
• O peido é o funcionário maroto que vem do intestino pra avisar pra chefa bunda que o trem bosta já vem vindo...
• O peido é o grito de liberdade da merda oprimida.
• O peido foi a última tentativa da natureza para ver se o cu falava!
• O prazer da merda saindo é igual ao módulo do pênis entrando.
• Pego um papel higiênico, passo aquela lixa na bunda, aperto o botão da descarga e a merda não afunda!

domingo, 10 de novembro de 2013

RECEITAS DE FAMÍLIA

Texto de Francisco Azevedo

Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema. Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir, mas a vida sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite.
O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares.
Súbito, feito milagre, a família está servida.
Fulana sai a mais inteligente de todas. Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade. Sicrano, quem diria? Solou, endureceu, murchou antes do tempo. Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante.  Aquele o que surpreendeu e foi morar longe. Ela, a mais apaixonada. A outra, a mais consistente...
Já estão aí? Todos? Ótimo.
Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados. Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola.
Não se envergonhe de chorar. Família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza.
Primeiro cuidado: temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadeza, estas especiarias, que quase sempre vêm da África e do Oriente e nos parecem estranhas ao paladar tornam a família muito mais colorida, interessante e saborosa.
Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto: é um verdadeiro desastre. Família é prato extremamente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido.
Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora que se decide meter a colher. Saber meter a colher é verdadeira arte.
Uma grande amiga minha desandou a receita de toda a família, só porque meteu a colher na hora errada. O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.
Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras apimentadíssimas. Há também as que não têm gosto de nada, seria assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha.
Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir. Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia.
Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro.
Aproveite ao máximo.
Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete.

sábado, 9 de novembro de 2013

OLHA TEU JARDIM

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Olha em teu jardim as rosas entreabertas e nunca as pétalas caídas.
Observa em teu caminho a distância percorrida e nunca a que ainda falta.
Guarda em teu olhar os brilhos da alegria e nunca as névoas de tristeza.
Retém da tua voz gargalhadas e canções e nunca os gemidos dolorosos
Conserva em teus ouvidos as palavras de amor e nunca as de ódio.
Grava em tuas pupilas o nascer das auroras e nunca os teus poentes tristonhos,
Conserva em teu rosto as linhas dos sorrisos e nunca os sulcos do teu pranto.
Conta aos homens o azul de tuas primaveras e nunca as tempestades de teus verões.
Guarda em tua face apenas as carícias desfrutadas, esqueça as bofetadas recebidas.
Mantenha de teus pés os passos retos e precisos, esqueça os caminhos tortuosos.
Recorda com prazer as tuas vitórias, esqueça as desilusões e as quedas.
Recorda os dias em que fostes água pura e límpida; esqueça as horas em que te sentistes um pântano
Conta e se orgulhe das medalhas de tuas vitórias. Esqueça as cicatrizes das derrotas.
Olha de frente o sol que existe em tua vida, ignore a sombras que fica atrás...
A flor que se abre é mais importante que mil pétalas caídas e apenas um olhar de amor pode ser suficiente para aquecer muitos invernos...
Sê otimista e nunca te esqueças que na escuridão das noites sem luar, é que brilham muito mais as estrelas.
Que tua vida seja sempre um jardim florido!