sexta-feira, 28 de novembro de 2014

FORA DA FILA, ELE NÃO ATENDE

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES  

Em Heyuan, província de Cantão, China, um homem, armado com uma faca de cozinha, entrou em uma agência bancária e gritou:
- Isto é um assalto!
E se colocou diante de um dos caixas, esperando receber o dinheiro. Mas, ao invés de lhe entregar o dinheiro, o caixa, ordenou:
- Por favor, o senhor vá pra fila... Só atendo a quem está na fila.
E não que o cara foi pra fila, de faca na mão, espera a sua vez de ser atendido, ou melhor, para assaltar o banco?
Os caixas atenderam dois clientes que já estavam na fila até chegar a vez do assaltante, quando ele exigiu que o caixa lhe entregasse 10 mil iuanes (cerca de US$ 1,6 mil). Ao ouvir a ordem, o caixa lhe comunicou:
- Lamento, mas o senhor está sem saldo; na sua conta bancária só tem 1 iuane...
Ao ouvir a resposta do caixa, o babaca ficou "puto da vida" e tentou quebrar o vidro do caixa com golpes de faca. Como não conseguiu nada, foi embora, "chupando dedo", até ser preso.
Veja o vídeo:
video

UM COPO COM ÁGUA, POR FAVOR!

Texto de Aloisio Guimarães 

Parece mentira, mas está faltando água em Maceió, o que isto significa dizer que nos igualamos aos paulistas! Que legal!
Eu queria aplaudir a atitude da CASAL, nossa companhia de abastecimento de água e esgoto, pela iniciativa de fazer reparos no sistema da capital alagoana. Agora o que eu não aceito (e não entendo) é que, segundo aviso da administradora do nosso condomínio, o serviço não tem data prevista para terminar!
- Como é que é? Uma obra de engenharia sem um cronograma físico?
É inadmissível, caso seja procedente o aviso, principalmente porque estão lidando com um bem essencial à vida. Portanto, este é o tipo de serviço que tem que ter data e hora para começar e terminar e tem que ser e executado dia e noite porque o aumento do seu custo é justificável! Com a palavra a CASAL.
Se isso não bastasse, além da queda o coice: segundo as notícias, as empresas que fornecem água em de carro-pipa aumentaram seus preços de R$ 100.00 para R$ 500.00. Um verdadeiro "abuso"! Um aumento desse não é caso de PROCON, é caso de POLÍCIA e ninguém faz nada!
Chega de brincar com a paciência do povo!

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

CAFÉ COM CARINHO

Texto de Aloisio Guimarães

O café Soineya, inaugurado recentemente em Akihabara, Japão, tem com padrão de qualidade proporcionar momentos de tranquilidade e repouso. Para isso, os seus clientes contam com vários serviços: dormir ao lado de uma das garotas que trabalham no estabelecimento, receber carinho, massagem... Segundo o site The Real Singapore, os preços mínimos dos serviços são os seguintes:
• SERVIÇOS BÁSICOS
Ingresso: ¥ 3 mil (US$ 40).
Afago padrão: 20 minutos: ¥ 3 mil (US$ 40).
Smei-ryo (taxa que permite o cliente escolher a garota): ¥ 1 mil (US$ 13) + ¥ 500 (US$ 6,5) por hora.
• SERVIÇOS OPCIONAIS
Para dormir nos braços da garota: ¥ 1 mil (US$ 13) por 3 minutos.
Para a garota dar tapinhas nas costas do cliente até ele dormir: ¥ 1 mil (US$ 13) por 3 minutos.
Para a garota usar alguma fantasia: ¥ 1 mil (US$ 13) por 3 minutos.
Para cliente e garota se olharem até adormecerem: ¥ 1 mil (US$ 13) por minuto.
Para garota mudar de roupas: ¥ 1 mil (US$ 13) por hora.
Para a garota fazer massagem nos pés do cliente: ¥ 1 mil (US$ 13) por 3 minutos.
Para o cliente fazer massagem nos pés da garota: ¥ 2 mil (US$ 26) por 3 minutos.
Para o cliente dormir com a cabeça no colo da garota: ¥ 1 mil (US$ 13) por 3 minutos.
Para a garota dormir com a cabeça no colo do cliente: ¥ 2 mil (US$ 26) por 3 minutos.
É evidente que o local está fazendo o maior sucesso, tanto que está contratando novas garotas, cujo salário pode chegar a US$ 45 por hora.
- Alguém sabe informar se vão abrir uma franquia aqui em Maceió?

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

REMÉDIO PARA PRESSÃO

Texto de Luiz F Veríssimo

Cada dia que vou comprar o dito cujo, o preço aumenta. Controlar a pressão é mole. Quero ver é controlar o preção. Tô sofrendo de preção alto.
O médico mandou cortar o sal. Comecei cortando o médico, já que a consulta era salgada demais. Para piorar, acho que tô ficando meio esquizofrênico. Sério! Não sei mais o que é real. Principalmente, quando abro a carteira ou pego extrato no banco.
Não tem mais um Real. Sem falar na minha esclerose precoce. Comecei a esquecer as coisas: Sabe aquele carro? Esquece! Aquela viagem? Esquece! Tudo o que o presidente prometeu? Esquece!
Podem dizer que sou hipocondríaco, mas acho que tô igual ao meu time: nas últimas.
Bem, e o que dizer do carioca? Já nem liga mais pra bala perdida... Entra por um ouvido e sai pelo outro.
Faz diferença...
A diferença entre o Brasil e a República Checa é que a República Checa tem o governo em Praga e o Brasil tem essa praga no governo.
Não tem nada pior do que ser hipocondríaco num país que não tem remédio.

sábado, 22 de novembro de 2014

O TAMANHO DO "BRÁULIO"

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES
FONTE: YAHOO 

Richard Lynn, professor de Psicologia da Universidade de Ulster, Irlanda do Norte, publicou um estudo sobre o tamanho do pênis masculino de diferentes países. Para quem não sabe, "Bráulio" foi o apelido que o pênis recebeu em uma propaganda nacional.
O seu estudo mostra que as diferenças raciais influem no tamanho do órgão. Nele, os homens do Congo são "os campeões do mundo", na categoria “Bráulio Grande”. Infelizmente (ou seria felizmente?), os brasileiros não foram estudados.
Veja a lista, com o tamanho médio do "Bráulio", já excitado:
01º - República do Congo: 18,03 cm
02º - Equador: 17,78 cm
03º - Gana: 17,27 cm
04º - Colômbia: 17,02 cm
05º - Islândia: 16,51 cm
06º - Itália: 15,75 cm
07º - África do Sul: 15,24 cm
08º - Suécia: 14,99 cm
09º - Grécia: 14,73 cm
10º - Alemanha: 14,48 cm
11º - Nova Zelândia, Reino Unido, Canadá e Espanha: 13,97 cm
12º - França: 13,46 cm
13º - Austrália e Rússia: 13,21 cm
14º - EUA: 12,95 cm
15º - Irlanda, Romênia: 12,7 cm
16º - China e Índia: 10,16 cm
17º - Coréia do Sul e Coréia do Norte: 9,65 cm
Em outro levantamento feito pela TargetMap, um mapa múndi indica o tamanho médio dos pênis, em centímetros, de cada país.
Nele, o Brasil é apontado como tendo, em média, de 14,88 cm a 16,09 cm. Ainda segundo o mesmo estudo, os homens com maiores pênis se encontram na Venezuela, Colômbia, Bolívia, Sudão e Hungria, com uma "ferramenta" variando entre 16,10 cm e 17,93 cm.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

COMO AUMENTAR SUA AUTOCONFIANÇA

Texto de Rogério de Freitas Lopes
 
Tive uma infância muito feliz. Brincava muito com outras crianças, tinha muitos amigos e, embora fosse um pouco tímido, não tinha problema para falar com as pessoas.
À medida em que fui crescendo, aprendi que ser rechonchudo e esperto faz com que você não seja apreciado por sua aparência e seja invejado pelo seu cérebro. Sendo assim, eu me tornei solitário e aprendi a proteger meus sentimentos no meu quarto e no meu computador. 
Embora eu ainda tivesse alguns amigos que tornavam minha vida um pouco melhor, eu me sentia infeliz com minha aparência, e passava por pouco inteligente para obter o afeto e a aceitação dos outros.
Ao atingir os 18 anos, a natureza me ajudou e eu cresci. De repente, eu não era mais gordinho. Porém, aquela criança rechonchuda e solitária permanecia lá, no fundo da minha mente.
Aquela criança magoada me manteve inseguro sobre minha aparência, forçando-me também a bancar o bobo, com medo de perder os amigos e ficar solitário de novo, caso me mostrasse muito esperto.
Meu rendimento escolar também era baixo porque eu não queria parecer inteligente; minha vida sentimental também era um fracasso porque eu não tinha autoconfiança, e comecei a sentir-me muito desanimado  ao pensar no futuro.
Por sorte, eu consegui mudar essa sombria perspectiva e aprendi algumas formas de aumentar minha autoconfiança. Hoje eu sou uma pessoa feliz emocional e profissionalmente, rodeado de amigos que gostam de mim pelo que eu sou.
Agora, é a minha vez de ajudar àqueles de nós que lutam com sua autoestima baixa.
Apresento aqui algumas ótimas formas de modificar este quadro:
PRIMEIRO:
Identifique algo em que você é bom, ou que você faça bem. Todos nós somos bons em, pelo menos, uma coisa. Você pode não ser o melhor na área, mas ser bom já é o suficiente - você pode sempre desenvolver e orgulhar-se do seu talento.
Tente expressar-se através de uma forma de arte que você goste. Isso realmente aumenta a confiança, e também é uma forma de conhecer pessoas com as mesmas afinidades que você.
Amigos que compartilham os mesmos interesses que você o farão sentir-se apreciado e desejoso de seguir adiante.
Se você não consegue lembrar-se de nada em que seja bom, pense em algo que gostaria de fazer - e faça! Não importa se você é bem sucedido ou não. Tentar é o que importa! Depois de haver tentado, você irá sentir-se muito melhor, e sua autoconfiança começará a crescer.
SEGUNDO:
Você deve sentir orgulho de suas boas qualidades. Sim, a modéstia é importante, mas se você é bom em alguma coisa, não fique constrangido por isso. Alegre-se pelo fato de possuir esse talento, pois eles fazem de você uma pessoa melhor. Lembre-se: você pode sentir-se orgulhoso por seus talentos e conquistas, e ainda assim, conservar sua humildade.
Se você começar a duvidar de si mesmo por causa de uma fraqueza ou outra, lembre-se de que você também possui boas qualidades e aptidões, e são elas que definem você, mais do que as suas fraquezas.
TERCEIRO:
Identifique suas inseguranças. O que você acha que está lhe puxando para trás? Seria aquela vozinha lá no fundo da sua mente? A sua aparência? Alguma coisa de que você se envergonha?
Encontre o que está lhe impedindo de seguir adiante e escreva num pedaço de papel. Ao dar um nome ao que lhe perturba e escrevê-lo no papel, você o transforma em um objeto tangível. Feito isto, RASGUE O PAPEL EM PEDACINHOS! É um truque psicológico que faz com que seu cérebro pense que você está destruindo a fraqueza real.
A seguir, fale sobre o assunto. Encontre uma pessoa amiga alguém em quem você confie e abra o seu coração. Desabafar sobre os problemas deixa-os mais leves, e outra pessoa pode sempre oferecer uma perspectiva diferente, apontando para aspectos que você não tinha percebido. Para isso servem os amigos! Mesmo que eles não possam resolver seu problema, o fato de você conseguir verbalizá-los já ajuda bastante.
Não permita que enganos passados deixem você deprimido. Todos nós erramos, o tempo todo. Porém, ficar empacado nos erros só serve para fazer você sentir-se mal sobre si mesmo. É uma atitude paralisante que arruína a sua autoconfiança e lhe impede de realmente aprender com o engano (acredite, sei bem do que estou falando!).
Lembre-se de que muitos bilionários falharam várias vezes e houve momentos em que seus negócios pareciam ir por água abaixo, mas isso jamais os impediu de seguir adiante.
Transforme o negativo em positivo. Evite os "urubulinos" - pessoas negativas e que veem um problema em cada solução. Quando você está cercado de gente negativa e pessimista, sua vida não anda para frente. Se você continua a dizer "não", jamais receberá um "sim". Procure o lado positivo em todas as situações, pois isso ajudará a enfrentar adversidades e a identificar oportunidades em situações difíceis.
Evite fazer comparações. Sim, sempre haverá alguém mais rico, mais atraente, mais em forma, etc. Isso não significa que você não possa ou não deva se esforçar para melhorar.
Em vez de olhar para as pessoas que você acha "melhores" do que você, pense em como você pode melhorar.
Pode ser que você não esteja em tão boa forma quanto aquela pessoa na academia, mas, se continuar a se exercitar, perderá peso, sua aparência irá melhorar, bem como seu estado de espírito.
Não inveje aquele colega de trabalho que parece mais inteligente do que você - examine o que você faz e o que pode ser melhorado, e dedique-se a isso.
Faça esforços para melhorar, não para ser perfeito.
Seja grato. Quando alguém lhe elogiar, aceite o elogio e agradeça. Não há nada errado nisso, e você não dará impressão se ser arrogante. Normalmente, quando alguém elogia, está demonstrando apreciação. Se você recusar-se a aceitar o elogio, estará também recusando a honesta apreciação de alguém.
Ajude outras pessoas. Muitos estudos já indicaram que quando ajudamos outras pessoas, esta ação libera dopamina em nosso cérebro, fazendo com que nos sintamos felizes. Ajudar alguém faz você sentir um senso de controle, propósito e benevolência - todos os três, ótimos estimulantes de confiança.
Faça contato visual. Ao falar com outra pessoa, evite olhar para o chão ou para os lados. Ao agir assim, você envia uma mensagem que diz que sua autoconfiança é baixa ou que você não quer falar com a outra pessoa. Em vez disso, faça contato visual - deixando evidente que você valoriza seu interlocutor, fazendo com que eles reajam da mesma forma e, assim, criando uma atmosfera de cordialidade e confiança.
Cuide da sua aparência. Cuidados pessoais são importantes fatores na construção da autoconfiança. Quando você está bem penteado, arrumado e bem vestido, as pessoas elogiam e acham você "bem". Quer admitamos ou não, nossa autoestima é influenciada por nosso aspecto externo. Portanto, uma boa aparência faz com que nos sintamos melhor!
Passe o tempo com pessoas de quem você gosta. Evite gente que só traz negatividade e passe mais tempo com gente que encoraja, apoia e estimula você. Estas são as pessoas que têm algo construtivo a dizer, e que nos ajudam a confiar em nós mesmos e nas nossas ações.
Não tenha medo do desconhecido. Ficar sempre apenas na sua "zona de conforto" deixará o seu mundo muito pequeno e sem graça. Em vez disso, experimente coisas novas, vá a lugares diferentes, conheça novas pessoas, aceite desafios.
Nem tudo dará certo, mas você ganhará experiência, conhecimento e talvez até faça novos amigos pelo caminho. Espero que estas sugestões ajudem a você como ajudaram a mim.
Se você tiver mais ideias ou dicas para dar um "up" na autoconfiança, escreva-as no espaço abaixo destinado aos comentários.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

TÔ IDOSA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Eu nunca trocaria meus amigos surpreendentes, minha vida maravilhosa, minha amada família por menos cabelo branco ou uma barriga mais lisa.
Enquanto fui envelhecendo, tornei-me mais amável para mim, e menos crítica de mim mesmo. Eu me tornei minha própria amiga. Eu não me censuro por comer biscoito extra, ou por não fazer a minha cama, ou para a compra de algo bobo que eu não precisava, como uma escultura de cimento, mas que parece tão “avant garde” no meu pátio. Eu tenho direito de ser desarrumada, de ser extravagante.
Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecimento. Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogar no computador até as quatro horas e dormir até meio-dia?  Eu Dançarei ao som daqueles sucessos maravilhosos dos anos 60&70, e se eu, ao mesmo tempo,  desejo  chorar por um amor perdido...
Vou andar na praia em um maiô excessivamente esticado sobre um corpo decadente, e mergulhar nas ondas com abandono, se eu quiser, apesar dos olhares penalizados dos outros no jet set. Eles, também, vão envelhecer. Eu sei que às vezes esqueço algumas coisas. Mas há mais algumas coisas na vida que devem ser esquecidas. Eu me recordo das coisas importantes.
Claro, ao longo dos anos meu coração foi quebrado.  Como não pode quebrar seu coração quando você perde um ente querido, ou quando uma criança sofre, ou mesmo quando algum amado animal de estimação é atropelado por um carro?  Mas corações partidos são os que nos dão força, compreensão e compaixão. Um coração que nunca sofreu é imaculado e estéril e nunca conhecerá a alegria de ser imperfeito.
Eu sou tão abençoada por ter vivido o suficiente para ter meus cabelos grisalhos, e ter os risos da juventude  gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto. Muitos nunca riram, muitos morreram antes de seus cabelos virarem prata. Conforme você envelhece, é mais fácil ser positivo.  Você se preocupa menos com o que os outros pensam.
Eu não me questiono mais. Eu ganhei o direito de estar errada.
Assim, para responder sua pergunta, eu gosto de ser idosa. A idade me libertou.  Eu gosto da pessoa que me tornei.  Eu não vou viver para sempre, mas enquanto eu ainda estiver aqui, eu não vou perder tempo lamentando o que poderia ter sido, ou me preocupar com o que será.  E eu vou comer sobremesa todos os dias (se me apetecer).
Que nossa amizade nunca se separe porque é direto do coração!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

DAI PÃO A QUEM TEM FOME

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Na cidade de Joinville houve um concurso de redação na rede municipal de ensino. O tema dado pela professora foi "DAI PÃO A QUEM TEM FOME". Incrível, mas o primeiro lugar foi conquistado por uma menina de apenas 14 anos de idade. E ela se inspirou exatamente na letra de nosso Hino Nacional para redigir um texto, que demonstra que os brasileiros verdes amarelos precisam perceber o verdadeiro sentido de patriotismo.
Leiam o que escreveu essa jovem. É uma demonstração pura de amor à Pátria e uma lição a tantos brasileiros que já não sabem mais o que é este sentimento cívico:
Certa noite, ao entrar em minha sala de aula, vi num Mapa-múndi, o nosso Brasil chorar.
- O que houve, meu Brasil Brasileiro? - perguntei-lhe.
E ele, espreguiçando-se em seu berço esplêndido, esparramado e verdejante sobre a América do Sul, respondeu chorando, com suas lágrimas amazônicas:
- Estou sofrendo. Vejam o que estão fazendo comigo... Antes, os meus bosques tinham mais flores e meus seios mais amores. Meu povo era heroico e os seus brados retumbantes. O sol da liberdade era mais fúlgido e brilhava no céu a todo instante. Onde anda a liberdade, onde estão os braços fortes? Eu era a Pátria amada, idolatrada. Havia paz no futuro e glórias no passado. Nenhum filho meu fugia à luta. Eu era a terra adorada e dos  filhos deste solo era a mãe gentil. Eu era gigante pela própria natureza, que hoje devastam e queimam, sem nenhum homem de coragem que às margens plácidas de algum riachinho, tenha a coragem de gritar mais alto para libertar-me desses novos tiranos que ousam roubar o verde louro de minha flâmula.
Eu, não suportando as chorosas queixas do Brasil, fui para o jardim.
Era noite e pude ver a imagem do Cruzeiro que resplandece no lábaro que o nosso país ostenta estrelado. Pensei: "Conseguiremos salvar esse país sem braços fortes?" Pensei mais: "Quem nos devolverá a grandeza que a Pátria nos traz?".
Voltei à sala, mas encontrei o mapa silencioso e mudo, como uma criança dormindo em seu berço esplêndido.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

A RAPOSA E O LEÃO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Uma raposa muito jovem, que nunca tinha visto um leão, estava andando pela floresta e deu de cara com um felino. 
Ela não precisou olhar muito para o leão e sair correndo, desesperadamente, e se esconder na primeira caverna que encontrou.
Quando viu o felino pela segunda vez, a raposa ficou atrás de uma árvore, analisando o leão, antes de fugir.
Da terceira fez, a raposa começou a perder parte do medo e, como quem não quer nada, se aproximou cada vez mais do leão.
Mas, na quarta vez, a raposa foi direto até o leão e começou a dar tapinhas nas costas dele, dizendo:
- Oi, gatão, tudo bom?
Moral da História:
DA FAMILIARIDADE, NASCE O ABUSO; DO ABUSO, A INIMIZADE.

domingo, 16 de novembro de 2014

BRASIL, UM SÁBADO DE PROTESTOS

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Neste sábado, dia 15 de novembro de 2014, diversas manifestações contra Dilma, Lula e o PT, pipocaram nas principais cidades do país, mostrando a insatisfação de 90 milhões de eleitores, homens e mulheres de bem, que não voltaram no governo, insatisfeitos como a situação do atual do país: a cada dia, aparece um novo escândalo de corrupção envolvendo figuras já carimbadas.

DESABAFO DE UMA MULHER PORTUGUESA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

São 5:30 horas da manhã, o despertador não para de tocar e não tenho forças nem para atirá-lo contra a parede. Estou acabada. Não quero ir trabalhar hoje.
Quero ficar em casa, a cozinhar, a ouvir música, a cantar, etc. Se tivesse um cão levava-o a passear nos arredores. Tudo menos sair da cama, meter a primeira e ter de por o cérebro a funcionar.
Gostava de saber quem foi a bruxa imbecil, a matriz das feministas que teve a ideia de reivindicar os direitos da mulher e porque o fez conosco que nascemos depois dela?
Estava tudo tão bem no tempo das nossas avós, elas passavam o dia todo a bordar, a trocar receitas com as suas amigas, ensinando-se mutuamente segredos de condimentos, truques, remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas dos seus maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, recolhendo legumes das hortas e educando os filhos. A vida era um grande curso de artesãos, medicinas alternativas e de cozinha.
Depois ainda ficou melhor, tivemos os serviços, chegou o telefone, as telenovelas, a pílula, o centro comercial, o cartão de crédito, a Internet!
Quantas horas de paz a sós e de realização pessoal nos trouxe a tecnologia! Até que veio uma tipa, que pelo visto não gostava do corpinho que tinha, para contaminar as outras rebeldes inconsequentes com ideias raras sobre 'vamos conquistar o nosso espaço' Que espaço?! Que caraças!
Se já tínhamos a casa inteira, o bairro era nosso, o mundo a nossos pés?!
Tínhamos o domínio completo dos nossos homens, eles dependiam de nós, para comer, vestirem-se e para parecerem bem à frente dos amigos e agora?
Onde é que eles estão?! Nosso espaço?! Agora eles estão confundidos, não sabem que papéis desempenham na sociedade, fogem de nós como o diabo da cruz.
Essa piada acabou por nos encher de deveres. E o pior de tudo: acabou lançando-nos no calabouço da solteirice crônica aguda!
Antigamente os casamentos eram para sempre. Por quê?
Digam-me porque é que, um sexo que tinha tudo do melhor que só necessitava de ser frágil e deixar-se guiar pela vida começou a competir com os machos?
A quem ocorreu tal ideia?
Vejam o tamanhão do bíceps deles e vejam o tamanho dos nossos!
Estava muito claro que isso não ia terminar bem.
Não aguento mais ser obrigada ao ritual diário de ser magra como uma escova, mas com as mamas e o rabo rijos, para o qual tenho que me matar no ginásio, ou de juntar dinheiro para fazer uma mamoplastia, uma lipo, ou implantes nas nádegas... Alem de morrer de fome, pôr hidratantes, antirrugas, padecer do complexo do radiador velho a beber água a toda a hora (esta me tocou) e acima de tudo ter armas para não cair vencida pela velhice, maquilar-me impecavelmente cada manha desde a cara ao decote, ter o cabelo impecável e não me atrasar com as madeixas, que os cabelos brancos são pior que a lepra, escolher bem a roupa, os sapatos e os acessórios, não vá não estar apresentável para a reunião do trabalho.
E não só, mas também ter que decidir que perfume combina com o meu humor, ter de sair a correr para ficar engarrafada no transito e ter que resolver metade das coisas pelo telemóvel, correr o risco de ser assaltada ou de morrer numa investida de um autocarro ou de uma mota, instalar-me todo o dia em frente ao PC, trabalhar como uma escrava, moderna, com um telefone ao ouvido a resolver problemas uns atrás dos outros, que ainda por cima não são os meus problemas!!! Tudo para sair com os olhos vermelhos - pelo monitor, porque para chorar de amor não há tempo!
E olhem que tínhamos tudo resolvido, estamos a pagar o preço por estar sempre em forma, sem estrias, depiladas, sorridentes, perfumadas, unhas perfeitas, operadas, sem falar do currículo impecável, cheio de diplomas, de doutoramentos e especialidades, tornamo-nos supermulheres, mas continuamos a ganhar menos que eles e de todos os modos são eles que nos dão ordens!
Que desastre! Não seria muito melhor continuar a cozer numa cadeira? Basta! Quero alguém que me abra a porta para que possa passar, que me puxe a cadeira quando me vou sentar, que mande flores, cartinhas com poesias, que me faça serenatas à janela!
Se nós já sabíamos que tínhamos um cérebro e que o podíamos utilizar para quê ter que demonstra-lo a eles?
Ai meu Deus, são 6:10 horas, e tenho que levantar-me da cama … Estou atrasada, para variar, não vou conseguir estacionamento…
Que fria está esta solitária e enorme cama! Ahhhh...
Prefiro ter um maridinho que chegue do trabalho, que se sente no sofá e me diga "Meu amor traga-me um whisky por favor?" ou "O que há para jantar?", porque descobri que é muito melhor servir-lhe um jantar caseiro do que atragantar-me com um sanduíche e uma coca-cola light enquanto termino o trabalho que trouxe para casa. Pensas que estou a ironizar ou a exagerar?
Não minhas queridas amigas, colegas inteligentes, realizadas, liberais... E idiotas!
Estou a falar muito seriamente: abdico do meu posto de mulher moderna! E digo mais: a maior prova da superioridade feminina era o facto de os homens se esfalfarem a trabalhar para sustentar a nossa vida boa!
Agora somos “iguais” a eles!

sábado, 15 de novembro de 2014

ESTOU FICANDO VELHO

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES 

Na cidade de Joinville houve um concurso de redação na rede nacional de ensino e quem ganhou foi um jovem patriota de apenas 14 anos.
Leiam:

ESTOU VELHO

​Cansado! Desiludido! Decepcionado!
Ah, estou velho...
Não gosto dos sem terra. Dizem que isto é ser reacionário, mas não gosto de vê-los invadindo fazendas, parando estradas, ocupando linhas de trens, quebrando repartições públicas, tentando parar o lento progresso do Brasil.
Estou velho.
Não acredito em cotas para negros e índios. Dizem que sou racista. Mas para mim racista é quem julga negros e índios incapazes de competir com os brancos em pé de igualdade. Eu acho que a cor da pele não pode servir de pretexto para discriminar, mas também não devia ser fonte para privilégios imerecidos, provocando cenas ridículas de brancos querendo se passar por negros.
Estou muito velho.
Não quero ouvir mais noticias de pessoas morrendo de dengue. Tapo os ouvidos e fecho os olhos, mas continuo a ouvir e ver. Não quero saber de crianças sendo arrastadas em carros por bandidos, ou de uma menininha jogada pela janela em plena flor de idade. Ou de meninos esquartejados pelos pais por serem "levados"...
Meu coração não tem mais força para sentir emoções. Sinto-me mais velho que o Oscar Niemeyer. Ele, velho como era, ainda acreditava em comunismo, coisa que deixou de existir.
Eu não acredito em nada.
Estou cansado de quererem me culpar por não ser pobre, por ter casa, carro, e outros bens, todos adquiridos com honestidade, por ser amado por minha mulher e filhos, assim como pelos meus amigos mais íntimos.
Nada mais me comove...
Estou bem envelhecido e acabo de cometer mais um erro: descobri que ainda sou capaz de me comover e de me emocionar.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

A MALETA

POSTAGEM: ALOISIO GUIMARÃES

Um homem morreu. Ao se dar conta, viu que Deus se aproximava e tinha uma maleta com Ele.
 E Deus disse:
- Bem, filho, hora de irmos.
O homem assombrado perguntou:
- Já? Tão rápido? Eu tinha muitos planos…
- Sinto muito, mas é o momento de sua partida.
- O que tem na maleta? Perguntou o homem.
E Deus respondeu:
- Os seus pertences!
- Meus pertences? Minhas coisas, minha roupa, meu dinheiro?
Deus respondeu:
- Esses nunca foram seus, eram da terra.
- Então são as minhas recordações?
- Elas nunca foram suas, elas eram do tempo.
- Meus talentos?
- Esses não pertenciam a você, eram das circunstâncias.
- Então são meus amigos, meus familiares?
- Sinto muito, eles nunca pertenceram a você, eles eram do caminho.
- Minha mulher e meus filhos?
- Eles nunca lhe pertenceram, eram de seu coração.
- É o meu corpo.
- Nunca foi seu, ele era do pó.
- Então é a minha alma.
- Não! Essa é minha.
Então, o homem cheio de medo, tomou a maleta de Deus e ao abri-la se deu conta de que estava vazia… Com uma lágrima de desamparo brotando em seus olhos, o homem disse:
- Nunca tive nada?
- É assim, cada um dos momentos que você viveu foram seus. A vida é só um momento… Um momento só seu! Por isso, enquanto estiver no tempo, desfrute-o em sua totalidade. Que nada do que você acredita que lhe pertence o detenha… Viva o agora! Viva a sua vida! E não se esqueça de SER FELIZ, é o único que realmente vale a pena! As coisas materiais e todo o resto pelo que você luta fica aqui. VOCÊ NÃO LEVA NADA! Valorize àqueles que valorizam você, não perca tempo com alguém que não tem tempo para você.